{"error": "SQLSTATE[22P02]: Invalid text representation: 7 ERROR: invalid input syntax for integer: """, "code": "22P02", "line": 503} TCE-AL

Fale Educação! Alunos da rede pública vivenciam o funcionamento do TCE

05/04/2018 ás 19:31:27

Visualizações: 922

Em mais uma ação voltada à construção da cidadania, o Tribunal de Contas de Alagoas recebeu, na manhã desta quinta-feira (5), um grupo de alunos da Escola Estadual de Ensino Integral Rosalvo Ribeiro, localizada no Bairro de Bebedouro. Eles participam do Programa “Fale, Educação!”, desenvolvido pelo Ministério Público Estadual, através da 19ª Promotoria de Justiça da Capital, sob a coordenação da procuradora Cecília Pontes Carnaúba.

O programa estabeleceu um elo de parceria com o TCE, por meio da Escola de Contas, com objetivo de difundir na sociedade, a partir da conscientização de estudantes do ensino médio e fundamental, o conhecimento e a reflexão sobre o papel de instituições de controle externo, como os tribunais de contas, estimulando, com isso a participação social na fiscalização da aplicação dos recursos públicos e a formação de uma postura crítica no exercício da ética, da democracia e da cidadania.

Os alunos, acompanhados pela professora de História, Darlene Conceição dos Santos Hernandez, foram recepcionados pela equipe da Escola de Contas Públicas; receberam noções das atividades do Tribunal, visitaram as suas instalações e acompanharam a sessão do Pleno. Essas visitas vêm se repetindo semanalmente, sempre com a participação de alunos da rede pública.

“Para nós é uma satisfação enorme receber nesta casa, jovens estudantes buscando conhecimento para o exercício de sua cidadania. E melhor ainda é essa sensação de que estamos contribuindo na construção e consolidação dessa cidadania”, destacou a presidenta do TCE, conselheira Rosa Albuquerque, ao recepcionar os alunos no plenário.

Fale, Educação!

O projeto elaborado pela 19ª Promotoria de Justiça da Capital tem como objetivo a ampliação da visibilidade da educação pública para o poder público e para a sociedade civil, bem como a aproximação entre Ministério Público e a comunidade, estimulando o uso eficiente dos instrumentos democráticos que interferem de modo determinante na formação do poder.

O objetivo é o fortalecimento da cidadania, o apoio à vivência de valores ético jurídicos que conduzem à solução pacífica de conflitos e ao equilíbrio emocional dentro da comunidade escolar.



Mais Recentes

Ver mais