TV Cidadã se consolida como um instrumento do TCE a favor da cidadania

Data publicação: 31/01/2018 10:45:04

Visualizações: 992

Texto: Júlia Marques *

Concebida da necessidade de uma televisão voltada para a sociedade, com uma programação que valorize o público não somente como consumidor, mas como cidadão, a TV Cidadã, uma concessão pública do Senado Federal, instalada na sede do Tribunal de Contas de Alagoas vem aprimorando sua programação para cumprir cada vez mais seu propósito de formar cidadania por meio da informação.

Inaugurada em julho de 2016, a TV Cidadã foi criada para manter a sociedade antenada sobre o que acontece no Tribunal de Contas de Alagoas, suas decisões e orientações para as boas práticas administrativas e para ampliar a publicidade e a transparência das ações das instituições públicas do Estado, por meio do canal digital aberto e gratuito 35.2, na cidade de Maceió”, destaca a diretora de Comunicação do TCE-AL, jornalista Fátima Almeida.

A novidade, segundo ela, está no desenho de uma nova programação, que em breve estará no ar, bem mais abrangente e voltada principalmente para os interesses da sociedade e consolidação da cidadania, difundindo informações sobre o papel fiscalizador do TCE, a importância do controle externo nas contas públicas, e da participação do cidadão nesse processo.

Além de transmitir as sessões plenárias no TCE, realizadas às terças-feiras e quintas-feiras, a TV Cidadã acompanha os trabalhos externos, como cursos de aprimoramento e aperfeiçoamento para membros e gestores. Outras instituições, como o Governo do Estado, Tribunal de Justiça, Câmara Municipal, Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e Assembleia Legislativa também têm seus conteúdos divulgados.

A parceria com essas instituições é fundamental para viabilizar a TV Cidadã e afirmar o seu papel de TV pública, aberta e gratuita, voltada para a cidadania”, destaca a conselheira Rosa Albuquerque, presidente do Tribunal de Contas de Alagoas

A TV torna transparente tudo o que acontece no Tribunal de Contas. Essa ferramenta é extremamente democrática, porque é capaz de levar uma programação variada para os diversos lares”, destaca Sidrack Ferreira,representante da empresa que operacionaliza a TV Cidadã.

(* Estagiária,  sob a supervisão da Diretoria de Comunicação)