Chuva deixa Tribunal de Contas em situação crítica. Presidente quer laudo da defesa Civil

Data publicação: 24/05/2017 18:56:24

Visualizações: 412

A situação do Tribunal de Contas está complicada e se agravou com a intensidade da chuva. Em várias salas, o teto desabou por causa das infiltrações, inviabilizando o trabalho, e tememos situações de risco para os servidores. A adoção de providências se torna imperativa, por uma questão de segurança.

Essa é a constatação da presidente do TCE, conselheira Rosa Albuquerque, depois de ter percorrido, na manhã desta quarta-feira (24), todos os andares do prédio localizado na Avenida Fernandes Lima, acompanhada pela equipe técnica, numa visita de inspeção.

Na sessão plenária desta quinta-feira a presidente vai apresentar a situação aos demais conselheiros, com imagens colhidas durante a visita, e levar ao pleno a proposta de solicitar uma visita da Defesa Civil para avaliar as condições e emitir um laudo do prédio, construído há cerca de 30 anos.

Os problemas estão por toda parte. Na sala de apoio da presidência, no segundo andar, parte do teto de gesso dasabou durante a noite.

Infiltrações diversas também fizeram estragos e molharam documentos nos gabinetes dos demais conselheiros, e em outras salas.

No início da tarde, a central de refrigeração e a subestação energética também estavam parcialmente imersas na água que se acumulou de infiltrações.

“Precisamos de um laudo, técnico, por isso defendemos a solicitação de uma visita do Corpo de Bombeiros, pra ter certeza de que a situação está sob controle. Não queremos ficar com a responsabilidade de um iminente acidente. As pessoas precisam trabalhar com segurança, e precisamos saber se realmente há condições de oferecer essa segurança, realizando os reparos emergenciais dos problemas que se apresentam neste momento”, diz a presidente.

Ela recomendou às diretorias Geral, Administrativa e de Engenharia, um levantamento do que é possível ser feito para sanar as situações mais imediatas, dentro dos critérios legais.


Galeria